Ensina-nos a Orar 25: Não estamos sozinhos!

Toda vida de oração e, portanto, toda busca verdadeira pela santidade pode ser entendida como um esforço constante por encontrar-nos com nós mesmos e, assim, com Aquele que habita no mais íntimo do nosso interior, como escreve Santo Agostinho. “O Senhor”, diz também o Papa Bento XVI, “está mais próximo de nós, do que nós de nós mesmos”.