À Noite

A sós contigo, Senhor, agradecendo as horas que me concedeste para Te louvar e servir, examino a minha má vontade e intolerância em relação a determinadas pessoas; tomo consciência de que, no fundo, tenho inveja delas. Envergonho-me e peço perdão. Rezo pelos que são diferentes de mim no modo de pensar e de agir. Ajuda-os, meu Deus, que não fazes aceção de pessoas. Peço-Te o dom de me alegrar com os êxitos do meu próximo e de aprender a sofrer com aqueles que sofrem. Ofereço por eles o dia de amanhã. Pai Nosso...

À Noite

Saber sofrer é graça grande, Senhor! Agradeço-Te o que, hoje, foi duro de aguentar. A dor é escola que ensina a crescer. Sofrer passa, ter sofrido fica! Ensina-me, Deus omnipotente, a não fazer sofrer os outros. Perdoa as minhas queixas. Fortalece a minha confiança na força que me vem de Ti e do exemplo dos santos. As tribulações atuais compensem os erros graves que cometi no passado. Que coisa sabe, quem não sofreu? Obrigado, pela cruz, que me proponho aceitar como dom divino. Pai Nosso...

À Noite

Senhor, hoje bateram-me à porta a solicitar aquele favor. Disse que não. Obrigado por, depois, me inspirares a acabar por fazer o que, antes, recusara. Ajuda-me a dizer que sim, por mais que me custe ou repugne, quando se tratar da execução de um serviço benéfico para os que dele vão tirar proveito. Será este, amanhã e para continuar, o meu programa e determinação: servir, gratuitamente, como Tu, que não vieste para ser servido, mas para servir e dar a vida pelos pecadores. Pai Nosso...

À Noite

Agradeço a Deus o dia e debruço-me sobre a minha formação e atualização religiosa. O tempo que perdi, hoje de novo, a ler e a ver coisas inúteis! Devia ler, sim, antes da celebração da santa missa, as leituras da eucaristia. Devia estar informado acerca das intervenções do Papa e a par daquilo que se passa na minha paróquia. Vou comunicar, a quem de direito, que me declaro disponível para dar a minha contribuição à comunidade, a fim de prestar algum serviço, caso precisem de mim! Pai Nosso...